Isoeste Cumpre Protocolo de Montreal

Isoeste finaliza ações do Protocolo de Montreal

Ao comemorar 30 anos de fundação, O Grupo Isoeste recebe no dia 10 de outubro de 2013 em sua Matriz em Anápolis/GO, vários representantes do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), e membros do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), para entrega do Cartaz Comemorativo, por ter sido a primeira empresa do Brasil a atender aos requisitos do Protocolo de Montreal para eliminação dos gases de processos industriais que agridem a camada de Ozônio. Este Protocolo estabelece um cronograma acelerado para eliminação do consumo e produção dos Hidroclorofluorcarbonos (HCFC), com redução na ordem de 10% em 2015 e sua total eliminação até 2040.

A Isoeste, mantendo sua tradição de estar sempre à frente de seu tempo, a partir desta data oferece oficialmente ao mercado mundial produtos 100% livre dos Hidroclorofluorcarbonos (HCFC), compostos altamente nocivos. Este foi e será um trabalho constante da Empresa, pela conservação do meio ambiente em todas as suas ações.

As Empresas que adquirirem produtos da Isoeste também estarão contribuindo com a redução do aquecimento global, proporcionando a todos uma melhor qualidade de vida.

Este projeto, para eliminação do HCFC 141B foi elaborado pela equipe técnica da Isoeste, com acompanhamento do MMA e do PNUD Brasil respeitando todas as diretrizes estabelecidas no protocolo de Montreal. A conversão do uso do gás 141B para o uso do gás pentano garante a eliminação de compostos nocivos à camada de ozônio (zero ODP), e também contribui para a redução do aquecimento global pelo baixo índice do Global Warming Potential ( GWP ).

Com recursos próprios a Isoeste realizou em um pequeno espaço de tempo todo este trabalho, possibilitando antecipar em 27 anos a conclusão do Projeto, buscando colocar no mercado mundial produtos de melhor qualidade, mais eficientes e procurando cada vez mais contribuir para a sustentabilidade.